20 de fevereiro, 2024

Notícias

Home » Destaques » Consumo das classes C, D e E nos supermercados aumenta em 61% na última década

Consumo das classes C, D e E nos supermercados aumenta em 61% na última década

Nos últimos 10 anos pessoas de baixa renda aumentaram o consumo em supermercados e hipermercados (61%), higiene e beleza (56%) e itens para pets (46%). E nos próximos anos a tendencia é que esse ritmo continue, principalmente nos canais de varejo alimentar (41%).

Segundo dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) as classes C, D e E (baixa renda) representam 76% da população brasileira e quase a metade do consumo no país. Por isso, é preciso compreender quais são seus hábitos para agregar valor aos varejos.

Para se ter uma ideia, cerca de 66% desses consumidores buscam por itens de maior qualidade para valorizar seu orçamento. Em relação às compras maiores, o crédito se destaca como principal meio de pagamento, e 87% afirmaram aumentar o consumo com esse método.

Os dados são do levantamento realizado pela consultoria PwC  em parceria com o Locomotiva Instituto de Pesquisa . Ao todo, foram entrevistadas 2.388 pessoas, sendo 1.539 pertencentes às classes C, D e E, de todas as regiões do Brasil, com destaque para o sudeste (44%).

O apoio as causas sociais também é algo que movimenta o consumo dessa população. 64% afirmam que estão dispostos a pagar um pouco mais por marcas e produtos que apoiem a diversidade, e metade aponta que já deixou de consumir marcas com posicionamentos preconceituosos.

https://samaisvarejo.com.br/detalhe/reportagens/consumo-das-classes-c-d-e-e-nos-supermercados-aumenta-em-61-na-ultima-decada

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *