22 de julho, 2024

Notícias

Home » Destaques » Casino avança com venda de sua parcela no GPA

Casino avança com venda de sua parcela no GPA

Imagem: Divulgação - Casino

Casino acaba de contratar o Itaú para a venda de sua fatia remanescente de 22,5% – avaliada em R$ 320 milhões – no GPA. Com isso, a companhia francesa avança com os planos de reestruturação de dívidas.

No ano passado, o Casino já havia demonstrado interesse em se desfazer dos seus ativos no GPA, e concluiu a venda de sua participação no Assaí e no Éxito, da Colômbia.

Esse movimento é consequente da atual situação da empresa de origem francesa, que passa por uma crise financeira e tem expressado o interesse em se desfazer de todas as suas operações em mercados emergentes

Já em 2024, o Casino deixou de ser a controladora do GPA. Assim, conforme informamos, sua fatia passou de 40,9% para os atuais 22,5%. Essa redução ocorreu após o follow-on, no qual o GPA levantou R$ 704 milhões.

Diante a esse cenário, o mercado já esperava a venda da parcela, e no último mês algumas empresas e executivos demonstraram interesse em adquiri-la. 

Um dos possíveis “candidatos” é Ronaldo Iabrudi, ex-CEO do GPA, que realizou um investimento de R$ 85 milhões e detém 5,4% da companhia. Outros interessados que já manifestaram disposição para negociar são a rede Savegnago, a gestora de recursos Pátria e o fundo liderado por Rafael Ferri, investidor e fundador do GTF Capital.

O último já compartilhou com a mídia que criou um fundo em parceria com alguns investidores que tem como objetivo adquirir a participação do Casino no Grupo. Os investidores não foram revelados, porém fontes indicam que Jodimar Luiz Zaffari, um dos sócios do Supermercados Zaffari, está entre os nomes.

Todos os possíveis interessados no negócio são brasileiros. Segundo especialistas, isso se deve por causa da dívida do GPA – algo que representa um risco alto de ser absorvido por um player que não possui conhecimento sobre as regras do mercado nacional.

Fonte: Invest News

 

Comentários