20 de abril, 2024

Notícias

Home » Destaques » Ceia de natal de 2023 fica abaixo da inflação anual na grande são paulo, aponta fecomerciosp

Ceia de natal de 2023 fica abaixo da inflação anual na grande são paulo, aponta fecomerciosp

A ceia de Natal de 2023 será mais barata para as famílias da Grande São Paulo. A inflação de alimentos geralmente consumidos nessa época do ano, como cortes bovinos e aves, foi menor do que a elevação geral dos preços da economia da região ao longo do ano: enquanto a cesta subiu 1,8%, os produtos em geral ficaram 5,7% mais caros no mesmo período, segundo levantamento realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Mais do que isso, os presentes de Natal estão quase no mesmo patamar de 2022, registrando queda tímida de 0,26% entre dezembro do ano passado e novembro de 2023. Isso significa que os consumidores paulistanos devem encontrar preços mais atrativos para as compras [tabela 1].

[TABELA 1]
INFLAÇÃO DA CESTA E NOS PRESENTES DE NATAL
NOVEMBRO DE 2023 – GRANDE SÃO PAULO
Fonte: FecomercioSP
No caso da ceia de Natal, o resultado deste ano foi puxado pela retração nos preços de cinco ingredientes principais: cebola (-14,7%), leite longa vida (-12,2%), cortes bovinos (-9,3%) batata-inglesa (-7,8%) e frango inteiro (-3,4%). Na contramão, itens como leite em pó (2%) e pescados (3,2%) registraram variações positivas entre dezembro de 2022 e novembro, ainda que abaixo da inflação média do último mês.

Já entre os presentes, a redução mais expressiva foi vista nos televisores, que caíram 13,1% no período analisado. Roupas de cama, também bastante presenteadas no Natal, retraíram 2,4%.

COMPRAS NATALINAS

Apesar dos preços mais em conta, a FecomercioSP orienta que os consumidores da Grande São Paulo façam pesquisas detalhadas, buscando descontos e promoções antes de comprar e priorizando os produtos que sofreram menos com a inflação ao longo do ano. Vale lembrar, por exemplo, que muitos ingredientes subiram mais do que a inflação média de 2023, como o azeite de oliva (34%), a cenoura (19,3%) e o arroz (19%). No total, 13 itens estão mais caros agora do que um ano atrás. Sem contar os produtos que fazem parte do dia a dia dos brasileiros, como os ovos de galinha (7,6%) e os refrigerantes (9,6%).

Tão importante quanto é ter uma gestão financeira cuidadosa, com planejamento de gastos baseado nas possibilidades de consumo de cada orçamento. No grupo dos presentes, acessórios como relógio de pulso e joias e bijuterias tiveram elevação moderada, ficando, respectivamente, 1,8% e 2,2% mais caros ao longo de 2023. Já os itens que fazem parte das trocas de presentes também apontaram altas mais expressivas, como conjuntos de roupas infantis (3,5%), enquanto os vestidos subiram 4,2%, as blusas, 4,3%, e os sapatos, 5%. Contudo, os brinquedos serão, de fato, os gastos mais altos deste Natal: muito procurados nessa época do ano, registraram aumento de 7% na avaliação.

 

https://www.fecomercio.com.br/

 

Comentários


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/sinco580/public_html/wp-includes/functions.php on line 6078

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *