18 de julho, 2024

Notícias

Home » Geral » Com robôs, Mercado Livre reduz em até 20% tempo de operação de pedidos em CD

Com robôs, Mercado Livre reduz em até 20% tempo de operação de pedidos em CD

O Mercado Livre passou a utilizar robôs na operação do seu Centro de Distribuição em Cajamar, em São Paulo, onde são processados aproximadamente 500 mil pacotes por dia.

Com tecnologia Shelves to Person, mais de 100 robôs móveis autônomos (AMR – Automated Mobile Robots) são responsáveis por distribuir e mover 2.500 prateleiras, com capacidade de processamento de até 20 mil itens por dia.

Além da eficiência, há uma economia de espaço, que possibilita que o centro de distribuição em Cajamar armazene de 10 a 15% mais itens por metro quadrado. Integrado ao trabalho dos colaboradores do centro logístico, a tecnologia reduzirá o tempo de processamento de pedidos na operação em até 20%.

“O investimento em tecnologia robótica não é apenas um passo em direção à inovação contínua em nossas operações, mas também um compromisso com os nossos clientes, que valorizam um envio cada vez mais eficiente e ágil”, afirma Fernando Yunes, VP sênior e líder do Mercado Livre no Brasil.

Yunes destaca que, ao integrar os robôs à operação, é possível acelerar os processos e melhorar a capacidade de armazenamento, especialmente nos períodos de maior demanda, como datas comemorativas e Black Friday.

A ideia é, até o final do ano, integrar outros 234 robôs à operação em Cajamar, com a expectativa de alcançar até 80 mil pedidos por dia. Existe a intenção de expandir o projeto para outros países onde a companhia opera, algo que será avaliado após a calibragem e confirmação de resultados da operação atual.

Os robôs, que se assemelham a discos com cerca de 1 metro de diâmetro, pesam 145 quilos, atingem velocidade máxima de 2 m/s e são capazes de suspender e transportar até 600 quilos de mercadorias. O tempo de autonomia é de oito horas, com duas horas de recarga, e eles se deslocam de forma autônoma para as estações de recarga.

Colaboração

O sistema robótico opera em conjunto com a equipe, assumindo tarefas mais pesadas, como levantar e mover prateleiras, o que ajudará a reduzir as atividades de maior impacto, e permitindo que nossos colaboradores possam focar em atividades de maior valor.

Cada produto armazenado nas prateleiras movidas pelos robôs passa antes pelo trabalho da equipe, responsável desde a operacionalização do sistema até a seleção do produto e acondicionamento no exato local indicado pelo sistema. Com dispositivos associados à identificação de produtos e de funcionalidades que garantem o deslocamento autônomo dos robôs, a operação é protegida por tecnologias como cortinas de luz e sensores de proximidade com aviso sonoro.

Investimento e expansão

O investimento realizado para a adoção da nova tecnologia integra o aporte total de R$ 23 bilhões que o Mercado Livre planeja investir no Brasil ao longo de 2024.

Dentro desse montante, está prevista a expansão no quadro de contratações, com 11 mil novos profissionais até dezembro deste ano, representando um aumento de 48% no quadro atual de colaboradores, com o objetivo de sustentar a expansão das operações, especialmente na área de logística.

https://mercadoeconsumo.com.br/07/06/2024/inovacao/com-robos-mercado-livre-reduz-em-ate-20-tempo-de-operacao-de-pedidos-em-cd

 

Comentários