15 de agosto, 2022

Notícias

Home » Inclusão Social / Coexistir » Consultoria desenvolve curso para empresas sobre estruturas racializadas

Consultoria desenvolve curso para empresas sobre estruturas racializadas

Valorizar a inclusão social e a diversidade étnica é um princípio de dignidade humana e cidadania, mas sobretudo um fator estratégico para o sucesso das empresas, pois influi na tomada de decisões, na comunicação e na relação com seus parceiros de negócios e clientes.

A fim de apoiar as lideranças das empresas na aplicação desses conceitos na prática e na sua disseminação, evitando episódios de racismo que têm crescido em diferentes segmentos e trazem prejuízos de toda ordem, o programa Coexistir, consultoria especializada em diversidade, mantida pelo Sincovaga, desenvolveu o curso “Reflexões para quebra de estruturas racializadas”.

O curso estará disponível nas versões Pocket e Modular, compreendendo os níveis introdutório, intermediário e avançado, nos formatos online e presencial, com duração entre 6 e 20 horas, e será voltado para diferentes níveis hierárquicos, desde gerentes e líderes até o operacional. O público-alvo são os gestores das áreas de Recursos Humanos, Sustentabilidade, Responsabilidade Social, Diretos Humanos, administradores e profissionais que atuam nas áreas de Inclusão.

O workshop em sua versão avançada foi ministrado para a equipe do Sincovaga, com o objetivo de preparar os funcionários da entidade para uma melhor compreensão sobre o tema, incluindo debates e discussões sobre os conceitos que permeiam a questão das relações raciais no Brasil.

Segundo o consultor Marcus Vinicius Bonfim, o objetivo do curso é dar condições a empresas de todos os segmentos de observar esses aspectos, da contratação à comunicação. “Fortalecendo a conscientização dos líderes, esperamos que eles disseminem esses conceitos para os demais, o que é crucial para a mudança cultural que envolve o tema da diversidade étnica”, afirma.

Para o presidente do Sincovaga, Alvaro Furtado, além das mudanças sociais e culturais que envolvem a diversidade e em especial as relações raciais, é importante que as empresas compreendam que para evoluir nessas questões é preciso encará-las de frente.

“A postura proativa impacta diretamente na valorização da imagem institucional. Uma empresa preocupada com a responsabilidade social tem ainda capacidade de atingir melhores resultados financeiros”, diz. “Hoje é imprescindível que as companhias dialoguem sobre diversidade com os seus diferentes públicos. Essa mudança cultural é necessária para a construção de uma sociedade mais sustentável e quem não fizer sua parte ficará para trás na transformação”, completa Furtado.

 

Mais informações: (11) 3335-1100 ou programacoexistir@sincovaga.com.br

 

Criado pelo Sincovaga em 2013, o programa Coexistir visa a estimular, orientar e assessorar empresas de todos os segmentos a aderir à inclusão social, diversidade étnica e de gênero, promover a capacitação profissional das pessoas com deficiência e trocar informações sobre vagas disponíveis, ampliando as condições de captação da mão de obra.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?