22 de julho, 2024

Notícias

Home » Economia » Faturamento de franquias cresce 19% no primeiro trimestre do ano, puxado por segmento de alimentação

Faturamento de franquias cresce 19% no primeiro trimestre do ano, puxado por segmento de alimentação

Foto: ijeab - br.freepik.com

setor de franquias registrou um crescimento de 19,1% no primeiro trimestre de 2024 em comparação ao mesmo período de 2023, segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O faturamento desse modelo de negócio aumentou de R$ 50,854 bilhões para R$ 60,560 bilhões.

Além do cenário macroeconômico favorável (uma elevada taxa de ocupaçãoPIB positivo, queda da taxa Selic inflação controlada), o crescimento foi impulsionado por fatores sazonais e pelo bom desempenho dos segmentos de alimentação serviços.

O faturamento de franquias aumentou de R$ 50,854 bilhões no primeiro trimestre de 2023 para R$ 60,560 bilhões no mesmo período de 2024.

O presidente da ABF, Tom Moreira Leite, destaca que a maior demanda por chocolates na Páscoa contribuiu significativamente para os resultados das franquias do segmento. Ele também cita um aumento da procura por sorvetes açaí, associado às ondas de calor nos três primeiros meses do ano.

Veja a evolução do faturamento de franquias:

  • 1º trimestre de 2020: R$ 41.537
  • 1º trimestre de 2021: R$ 39.881
  • 1º trimestre de 2022: R$ 43.380
  • 1º trimestre de 2023: R$ 50.854
  • 1º trimestre de 2024: R$ 60.560

A pesquisa mostra que, no período, foram abertas 4,3% mais franquias e encerradas 1,9%, resultando num saldo positivo de 2,4%. Ou seja, surgiram mais 5.733 operações de franchising, totalizando 190.144 no País. Em termos de emprego, o setor totalizou 1,65 milhão de postos de trabalho, um aumento de 4,9% em relação ao ano anterior.

Todos os segmentos listados pela ABF registraram crescimento de faturamento. Os destaques foram para o setor de Alimentação, Comércio e Distribuição, que cresceu 43,9%, e Alimentação Food Service, com alta de 26,6%. Depois, vêm Serviços e Outros Negócios, com evolução de 25,3%; Entretenimento e Laser, com alta de 19,6%; Casa e Construção, com 15,8%; e Saúde Beleza e Bem-Estar, com crescimento de 14,7%.

Conforme o estudo, as franquias em ruas continuam predominando, representando 54,2% das operações, enquanto os shopping centers mantiveram-se na segunda posição com 19,8%. O item “Outros”, que inclui operações em mercados autônomos e lojas de conveniência, subiu para 11,7%.

A pesquisa da ABF foi realizada a partir de uma amostragem das redes de franquias que representam cerca de 32% das operações e 45% do faturamento do setor.

Foram consideradas operações associadas e não associadas da entidade. O estudo foi auditado por empresa independente.

https://www.estadao.com.br/pme/franquias-faturamento-primeiro-semestre-2024-nprei

 

Comentários