19 de maio, 2024

Notícias

Home » Inclusão Social / Coexistir » Lei de cotas completa 29 anos com celebração virtual

Lei de cotas completa 29 anos com celebração virtual

Espaço da Cidadania

FESTA CONTEMPLA O ISOLAMENTO SOCIAL EM TEMPOS DE PANDEMIA

No dia 24 de julho a mais inclusiva das leis brasileiras, a Lei de Cotas (Lei Federal nº 8.213/91), completa 29 anos. Tradicionalmente, a solenidade reúne pessoas com deficiência e agentes da inclusão através do trabalho, num espaço público, na cidade de São Paulo. Este ano, o aniversário acontecerá na arena virtual, pela internet, através das mídias sociais da Câmara Paulista para Inclusão @camarainclusao.

Serão três momentos distintos: a solenidade oficial, com debate; o esquenta, com o apoio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência do Município de São Paulo (SMPED) e a celebração festiva (vide programação abaixo). Na abertura e fechamento será lida a “Carta de São Paulo”, documento anual que relembra as conquistas e reforça as novas lutas e desafios. A leitura é feita por pessoas com deficiências diversas.

Todas as atividades terão os recursos de acessibilidade.

Programação:

14 às 15h: Webinar Trabalho Um Direito de Todos.

Apresentação: José Carlos do Carmo (Kal) – coordenador da Câmara Paulista para Inclusão e do Projeto de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho Formal da SRT/SP – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado de São Paulo;

17 às 18h: Live-show de esquenta festival sem Barreiras, apresentação Sara Bentes

19 às 20h: Show cultural com artistas com deficiência, apresentação Marinalva Cruz, Secretária-adjunta da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de São Paulo.

Local: Facebook da Câmara Paulista de Inclusão @camarainclusao

As festividades serão reproduzidas no Facebook do Espaço da cidadania

Especialistas alertam que pandemia agrava problemas relacionados ao trabalho

Neste período de pandemia, o assédio moral tem ocorrido além dos locais de trabalho tradicionais e chegou à casa dos trabalhadores, por meio do teletrabalho. O alerta foi feito por Margarida Barreto, médica do trabalho, que nesta quinta-feira, 16, durante o 41º Ciclo de Debates, destacou a importância de agir contra esta prática que pode prejudicar a saúde mental do trabalhador. O Ciclo é um tradicional evento sobre saúde e segurança organizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, há 41 anos consecutivos.

O desmonte da fiscalização, acidentes de trabalhos e os ataques aos direitos também foram assuntos do Ciclo, que também contou com palestras de Fernanda Giannasi, ex- auditora fiscal do trabalho, e Antonio Rebouças, advogado especialista em Previdência Social, e o lançamento do vídeo “Basta”, que conta aluta dos metalúrgicos de Osasco e Região contra acidentes de trabalho.

Assista o vídeo “Basta” que registra, em 8 minutos, quatro décadas de luta contra acidentes de trabalho https://www.youtube.com/watch?v=5q9AstLWKvM

 

Comentários