22 de julho, 2024

Notícias

Home » Destaques » Para atender novas demandas do consumidor, indústria investe em produtos saudáveis

Para atender novas demandas do consumidor, indústria investe em produtos saudáveis

Com a mudança de hábitos alimentares que visam a uma melhor qualidade de vida e a demanda crescente por produtos mais saudáveis, a indústria de alimentos tem investido e lançado cada vez mais produtos para atender esse público.

E não é para menos: uma pesquisa realizada pela Ticket em 2023 revela que 73% dos entrevistados disseram estar muito mais atentos à sua saúde e aos seus hábitos alimentares, e 79% gostariam de ter acesso a opções mais saudáveis nos cardápios dos restaurantes.

Durante a Apas Show 2024, uma das principais feiras do setor supermercadista na América Latina, diversas empresas promoveram o termo “saudabilidade” em seus estandes e produtos. O evento foi realizado entre os dias 13 e 16 de maio, em São Paulo, e a MERCADO&CONSUMO listou algumas das marcas que promovem saudabilidade em seu portfólio:

Vale Fértil

A Vale Fértil, empresa do setor de azeitonas, lançou a Olivito, uma azeitona desenvolvida para as crianças. O  snack infantil é produzido sem salmoura, com menor teor de sódio e possui azeitonas com tamanhos menores e sem caroço.

Já o Oliv Snack Natural é projetado para ser um repositor energético durante atividades esportivas. Sua composição rica em fibras proporciona apenas 73 kcal por porção, enquanto sua praticidade e saudabilidade são garantidas pela ausência de salmoura, caroço e conservantes.

O produto é elaborado de forma natural e passa por um processo de pré-lavagem para reduzir o teor de sódio, e é conservado apenas com azeite de oliva.

O gerente nacional de vendas do grupo, Martin Nucete Hernando, destaca que os novos lançamentos têm como foco promover a saudabilidade e alcançar novos segmentos de consumidores para a marca.

“Estamos sempre em busca de inovações que acompanhem as necessidades das famílias em todos os momentos. Identificamos, no entanto, a necessidade de atender a demanda de dois importantes públicos: as crianças e os atletas. Com o lançamento do Olivito e do Oliv, estamos preenchendo essas lacunas e complementando nosso portfólio”, ressalta.

Papapá

A Papapá, empresa especializada em alimentos naturais para bebês e crianças, chegou à Apas Show com as papinhas, seu carro-chefe. Os produtos são feitos com alimentos 100% orgânicos, sem adição de conservantes ou qualquer aditivo químico. Além disso, a empresa oferece opções de lanches saudáveis nos sabores tomate e manjericão, beterraba e grão-de-bico, cenoura e grão-de-bico.

A empresa está presente em mais de 6 mil pontos de vendas. Em 2023, registrou um crescimento exponencial de mais de 400% em suas vendas, com projeções de triplicar seu faturamento em 2024. No primeiro trimestre deste ano, São Paulo se destaca como um mercado significativo, representando 35% das vendas totais da empresa, com um notável crescimento de 357% em comparação ao ano anterior.

“Não temos a intenção de substituir as refeições feitas em casa, que são fundamentais para a introdução alimentar das crianças. Mas sim, ser uma opção prática e saudável para algumas ocasiões do dia a dia”, explica Leonardo Afonso, CEO da Papapá.

Korin Alimentos

A Korin Alimentos levou à feira o seu portfólio completo de produtos naturais e sustentáveis e suas ações em sustentabilidade. Nesta edição, a marca também comemora seu aniversário de 30 anos.

“A exposição dessas duas vertentes resume nosso objetivo de produzir alimentos saudáveis e saborosos, promovendo simultaneamente a coexistência harmoniosa entre todos os seres”, explica Mariana Midori Nagata, diretora de Marketing da Korin Alimentos.

A Korin trouxe à Apas um mel livre de contaminação por agrotóxicos e sem uso de antibióticos no manejo das abelhas. Além disso, a linha de assados resfriados e temperados da marca Boa Pedida, composta pelos cortes Coxa e sobrecoxa, Coxinha da asa, Meio da asa e Meio frango, também são novos itens da marca. Essa linha é a única do mercado com validade de 6 meses.

Todas as carnes são 100% livres de antibiótico na criação das aves, grãos transgênicos na ração, inseticidas nas granjas e de medicamentos anticcocidianos.

“Nosso objetivo é estar em todas as refeições do brasileiro. A base da Korin é a agricultura natural, que tem como um dos pilares a sustentabilidade. Há 30 anos era mais complicado falar sobre e valorizar isso, então à medida que o consumidor busca mais informações, acaba questionando os processos produtivos das empresas. Como a Korin tem sustentabilidade em sua base, fica mais fácil conversar com esse consumidor atual. Nos últimos dois, três anos, temos percebido o público mais engajado”, conta Mariana.

Pensando em sustentabilidade, o estande da Korin teve área dedicada à responsabilidade ambiental, social e de governança (ESG, na sigla em inglês), com informações sobre as formas como atuam como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Teremos o selo Evento Neutro Verde, em parceria com a consultoria de Eccaplan, que certifica a quantidade e compensação das emissões de carbono relacionadas à montagem, desmontagem e realização do evento, incluindo o deslocamento dos participantes” conta Mariana.

Fonte: Mercado e Consumo

Comentários