20 de julho, 2024

Notícias

Home » Economia » Poupança perde investidores: parte migra para LCAs, LCIs e CDBs, outra quita dívidas

Poupança perde investidores: parte migra para LCAs, LCIs e CDBs, outra quita dívidas

Imagem: freepik - br.freepik.com

Nos últimos doze meses, somente em três deles as aplicações na poupança foram maiores do que resgates. Nesse ano, março foi o único período em que depósitos foram maiores que saques.

Em janeiro, por exemplo, os resgates chegaram a R$ 20,1 bilhões, segundo dados do Banco Central. No último mês apurado, abril, a captação líquida ficou negativa em R$ 1,1 bilhão.

“O que a gente tem visto são resgates consecutivos da poupança. Lá em 2020, tivemos estoques acima de R$ 1 trilhão de saldo na poupança”, afirmou Mayara Rodrigues, analista de renda fixa no research da XP, que participou nesta quinta-feira (16) do Morning Call da XP.

Poupança e contexto da pandemia

“Claro que teve todo o contexto de pandemia, dos auxílios emergenciais e a população gastando mesmo por conta do isolamento social (em 2020). Mas o que a gente tem visto desde então foram saques”, complementou.

Entre os motivos da grande saída de recursos da poupança, segundo a analista, está na aplicação em outros investimentos, que tem oferecido mais atratividade, bem como para uso do investidor para pagamento de dívidas.

Estoques abaixo de R$ 1 tri

A poupança está com estoques abaixo de R$ 1 trilhão desde 2021. “Isso também acaba preocupando porque aquele recurso que está ali aplicado na poupança, é utilizado para funding, ou seja, uma fonte de recursos para financiamentos imobiliários”, destaca.

Ela conta que o Banco Central chegou a fazer um estudo para entender o que estava acontecendo por conta das elevadas retiradas de recursos da poupança.

Pagamento de dívidas

“A primeira grande conclusão é que em 2022, que foi o período de grandes saques, metade desse valor sacado, migrou para outros investimentos de renda fixa, como CDBs, LCAs e LCIs”, destaca. A outra metade (52%), foi uso próprio dos investidores para atender necessidades financeiras.

“Quando cai a Selic, o pessoal acaba buscando outros ativos, desde crédito privado a fundos de investimentos, com rentabilidade maior do que apenas o percentual atrelado a taxa de juros”, explica.

https://www.infomoney.com.br/onde-investir/poupanca-perde-investidores-parte-migra-para-lcas-lcis-e-cdbs-outra-quita-divida

Comentários