13 de julho, 2024

Notícias

Home » Economia » Mais de 60% dos trabalhadores têm problemas financeiros

Mais de 60% dos trabalhadores têm problemas financeiros

“A saúde financeira dos funcionários influencia diretamente na produtividade e no clima organizacional das empresas. Mais da metade dos trabalhadores brasileiros (63%) enfrentam problemas financeiros.” É o que revela a pesquisa “Saúde & Gestão”, realizada pela fintech Onze: dos 770 entrevistados, 30% relataram problemas de saúde mental/emocional e outros 20% problemas de saúde física.

Quando questionados sobre sua produtividade no trabalho, 20% dos colaboradores avaliam que sua produtividade está afetada ou pode melhorar e 13% percebem que sua produtividade está afetada pelos problemas que estão passando no momento. Os problemas que mais interferem na produtividade dos profissionais são os problemas financeiros (64%), problemas de saúde mental e emocional (57%) e problemas de saúde física (33%).

O estudo também perguntou quais são os principais problemas financeiros dos trabalhadores. 52% responderam que são dívidas do cartão de crédito, 45% disseram que a renda não cobre seus gastos mensais e 25% afirmaram que a renda cobre os gastos mensais, mas estão se organizando.

Ao serem questionados se já precisaram se afastar do trabalho por conta dos problemas que estão enfrentando, 20% dos colaboradores responderam que sim, e entre os entrevistados que precisaram de afastamento, a ocorrência de problemas financeiros também está em primeiro lugar, apontada por 55% dos funcionários – à frente de saúde física e saúde mental (ambas com 45%).

A pesquisa traz a visão de 293 RHs pelo Brasil para entender quais são as maiores preocupações na gestão dos colaboradores. 65% indicaram que a maior aflição é o turnover (taxa de rotatividade de colaboradores de uma empresa). Em segundo lugar aparece o clima organizacional das empresas, apontado por 52% dos RHs, enquanto o Absenteísmo vem em terceiro lugar, com 37% das menções.

O levantamento questionou os RHs sobre quais problemas pessoais eles já mapearam entre os seus colaboradores, 65% responderam que identificaram problemas de saúde mental/emocional, 57% relataram problemas de relacionamento com lideranças no trabalho e 41% identificaram problemas financeiros. Os custos de demissão continuam sendo os mais desafiadores segundo 39% dos RHs, seguidos pelos custos de contratação (35%), custos de treinamento (33%) e custos com plano de saúde (30%).

Há uma diferença entre a percepção dos colaboradores e do RH: entre as ações promovidas pelos RHs para cuidar dos seus colaboradores, 59% apostam na realização de palestras e ações específicas sobre saúde, 56% apostam em comunicações de conscientização e 49% na implementação de um plano de saúde tradicional. Apenas 16% realizam campanhas para implementar planos de saúde financeira, sendo este o maior desafio apontado pelos colaboradores.

Já para 62% dos trabalhadores, ter um ambiente de trabalho saudável é o mais importante. Em seguida, com 25%, surge a necessidade de ter um salário competitivo. O treinamento de lideranças (7%) e o investimento em benefícios (7%) completam a lista. É o que apontou levantamento realizado pela Robert Half em seu perfil no LinkedIn no final do mês de abril e contou com a participação de 1.573 profissionais.

Monitor Mercantil

Link: https://monitormercantil.com.br/mais-de-60-dos-trabalhadores-brasileiros-tem-problemas-financeiros/

Comentários