15 de julho, 2024

Notícias

Home » Destaques » O cenário do e-commerce dos supermercados em 2024

O cenário do e-commerce dos supermercados em 2024

O comércio eletrônico de supermercados no Brasil está passando por um período de expansão sem precedentes, impulsionado por uma série de fatores, como avanços tecnológicos, mudanças nos hábitos de consumo e o impacto da pandemia.

Atualmente, os supermercados online experimentam uma notável transformação, acelerada pela necessidade de adaptação durante a pandemia. Antes do contexto pandêmico, a tendência de digitalização já se mostrava em crescimento, mas a crise sanitária provocou uma mudança radical, impulsionando a adesão ao comércio eletrônico de forma abrupta.

Neste cenário, aprimorar a experiência do usuário tornou-se essencial. A oferta de uma variedade ampla de produtos, o uso de ferramentas como o retail media e o histórico de compras dos clientes são prioridades. Além disso, a eficiência operacional é um desafio significativo, especialmente no que diz respeito à separação e entrega dos pedidos. Automatizar processos para reduzir custos e aumentar a eficiência é uma necessidade premente.

A concorrência no ambiente digital tornou-se mais acirrada, não apenas entre supermercados, mas também com a presença crescente de marketplaces. Melhorar a experiência do cliente e reduzir custos são pontos cruciais para garantir a rentabilidade do e-commerce. Além disso, é essencial digitalizar a jornada do cliente físico e recuperar consumidores que retornaram exclusivamente às compras em lojas físicas após experimentarem o e-commerce durante a pandemia.

Olhando para o futuro, observa-se uma abordagem renovada no marketing digital, com foco na conversão e na integração de Inteligência Artificial para personalização da experiência do cliente. A entrega rápida e eficiente é uma prioridade, assim como a oferta de soluções personalizadas por meio da IA. Novos canais de atendimento, como lojas físicas diferenciadas e marketplaces segmentados, também despontam como tendências.

Em suma, a experiência do usuário, a eficiência operacional e a integração de tecnologias como inteligência artificial são cruciais para o futuro dos supermercados online no Brasil. Investir em inovação e tecnologia será fundamental para impulsionar o crescimento e a competitividade do setor nos próximos anos.

Fernanda Dalben é diretora de Marketing da rede de Supermercados Dalben.
*Este texto reproduz a opinião do autor e não reflete necessariamente o posicionamento da Mercado&Consumo.


https://mercadoeconsumo.com.br/12/04/2024/artigos/o-cenario-do-e-commerce-dos-supermercados-em-2024

 

Comentários