20 de julho, 2024

Notícias

Home » Destaques » Índice de ruptura no varejo de alimentos cai 0,7% em março

Índice de ruptura no varejo de alimentos cai 0,7% em março

Em março deste ano, o índice de ruptura no varejo alimentício do Brasil registrou uma queda, atingindo 12,9%, representando uma redução de 0,7% em comparação com fevereiro de 2024. Esses dados foram revelados pelo Índice de Ruptura da Neogrid, ecossistema de tecnologia e inteligência de dados.

Robson Munhoz, diretor de Customer Success da Neogrid, explicou que a queda na ruptura em março reflete uma maior disponibilidade de produtos nas gôndolas dos supermercados.

Apesar da redução geral na ruptura, alguns produtos apresentaram aumentos pontuais. Por exemplo, o açúcar viu seu índice de ruptura subir de 7,4% para 8,8% em março, em comparação com o mês anterior. No entanto, esse aumento é inferior ao registrado em março de 2023, quando chegou a 10,8%.

Além disso, a Neogrid observa que a situação brasileira não é única no panorama mundial: análises de traders vinculados a três das principais empresas exportadoras de açúcar do Brasil preveem um déficit global do produto durante a safra 2024/25.

O macarrão e o café também experimentaram aumentos leves de 0,5% no índice de ruptura em março em comparação com fevereiro, mas ao mesmo tempo, registraram uma diminuição de 3,8% em relação a março de 2023.

Em março deste ano, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação oficial no Brasil, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu 0,16%, uma taxa significativamente menor do que em fevereiro de 2024 (0,83%) e março do ano passado (0,71%).

Munhoz destaca que, apesar da pequena queda nas vendas em março em comparação com fevereiro e com o mesmo mês de 2023, “o varejo brasileiro está confiante de que esse é um cenário transitório e mantém o otimismo em relação às perspectivas futuras do setor.”

https://www.supervarejo.com.br/economia/indice-de-ruptura-no-varejo-de-alimentos-cai-07-em-marco

 

Comentários